Um robô de 17 anos de idade

Demorou 20 anos para que a Honda, montadora de carros japonesa, desenvolvesse seu primeiro robô, lançado oficialmente no ano 2000. Batizado de Advanced Step in Innovative Mobility (Passo Avançado em Mobilidade Inovadora, numa tradução livre do inglês), ele ficou popularmente conhecido como ASIMO. Diferente de outros produtos da montadora, o robô foi idealizado para se parecer ao máximo com uma figura humanoide e realizar atividades como subir escadas, jogar bola e realizar tarefas com as mãos.

O robô ostenta um alto padrão de funcionamento, vários dedos da sua mão são equipados com sensores táteis e de força, tornando-o hábil a executar tarefas que exigem alto nível de destreza como, por exemplo, tirar tampas de garrafas ou pegar objetos pequenos como um anel. As mãos foram o item que mais recebeu a atenção de seus desenvolvedores, uma vez que ela é uma das características mais marcantes do ser humano.

Ao completar 17 anos, o pequeno robô recebeu algumas atualizações importantes, sendo a mais significativa delas um driver de tecnologia autônoma. Com essas melhorias, o ASIMO pode correr a 9km/h e funcionar por até 40 minutos, além de ser capaz de prever os movimentos dos seres humanos nas proximidades. Essa tecnologia envolve novos sensores instalados no robô, que permitem que ele reconheça melhor o espaço físico a sua volta e tenha mais autonomia na hora de caminhar (ou correr), evitando esbarrar em pessoas ou cair e não conseguir se levantar.

O interessante do ASIMO é que ele é totalmente modificável. Sendo assim, na medida em que as tecnologias em robótica forem avançando, elas serão incorporadas no pequeno robô.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *